Não deixe esta oportunidade passar, faça parte agora mesmo!

Faça parte do maior grupo de capacitação para Farmacêuticos em cursos de pós graduação, palestras, workshops e simpósios online

Nós não enviamos spam! fique tranquilo

Farmácias poderão fazer exames laboratoriais

Farmácias poderão fazer exames laboratoriais

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA estuda a possibilidade de implementar em farmácias exames laboratoriais.

Atualmente está tendo um forte debate em torno desta temática pelos principais setores sendo o varejo farmacêuticos e o setor de análises clínicas do país.

“Fazer testes rápidos pode ser 1 avanço, ampliar o acesso. Mas testes de interpretação complexa devem ser bem pensados e regulamentados, para proteção dos pacientes”

afirma o sanitarista Gonzalo Vecina Neto, professor da USP e ex-diretor da Anvisa, ao jornal O Globo.

A ANVISA quer atualizar uma resolução de 2005 que estabelece que apenas laboratórios é que podem fazer exclusivamente exames laboratoriais e essa possibilidade de fazer alguns exames em farmácias não é muito bem vista por alguns.

Se for implementado poderá aumentar os consultórios farmacêuticos ampliando a sua gama de prestação de serviços em farmácias.

Atualmente as farmácias já realizam alguns exames por exemplo testes rápidos para covid 19 e glicemia. A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias, estão vendo esta iniciativa com um prisma positivo. Veja o que dizem:

“A maioria dos brasileiros não faz check-up. Essa é uma novidade que pode ampliar o acesso e mudar a cara da saúde brasileira”, afirma. “Imagine poder chegar em 1 lugar e com duas gotinhas de sangue medir glicemia, hemoglobina glicada, colesterol, PSA, HIV, sífilis”.

Por outro lado representantes da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica, dizem que não são contra a iniciativa, mas que alertam para a complexidade do assunto.

“Há exames rápidos que funcionam bem, e outros que dão resultados equivocados. Essa é a lógica de ter a gerência de 1 laboratório, que conta com profissionais que estudaram para fazer calibração, validação, controle de qualidade. Não é o que está sendo proposto agora”.

A ANVISA está realizando a consulta pública e tem até o dia 23 de outubro para receber as considerações, e após isso, será deliberada pelo órgão com previsão ainda este ano a publicação da resolução atualizada.

E você o que acha desta iniciativa? Comente aqui. ‘

Fonte clique aqui. Para mais notícias clique aqui.

Não deixe esta oportunidade passar, faça parte agora mesmo!

Faça parte do maior grupo de capacitação para Farmacêuticos em cursos de pós graduação, palestras, workshops e simpósios online

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

About the Author

0 Comments

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *