Não deixe esta oportunidade passar, faça parte agora mesmo!

Faça parte do maior grupo de capacitação para Farmacêuticos em cursos de pós graduação, palestras, workshops e simpósios online

Nós não enviamos spam! fique tranquilo

Ivermectina: Incentivo de uso do medicamento sem prescrição médica em Ji – Paraná

Ivermectina: Incentivo de uso do medicamento sem prescrição médica em Ji – Paraná

Chegou ao nosso conhecimento o fato de um morador da cidade de Jí-Paraná que tem constantemente incentivando a população a tomar ivermectina e até fez propaganda de que estava “mandando” manipular para fazer entrega do “kit”.

Se não bastasse customizou seu “fuskão” com caixas e dizeres do tipo “Tome Ivermectina”.

Em uma de suas redes sociais ele afirma: ” Enquanto não houver vacina, tome ivermectina. Há ivermectina na prevenção contra os efeitos do covid19, evite chegar na UTI! Vamos salvar vidas!”

O servidor público de Jí-Paraná, inclusive saiu como notícia no portal oficial do Estado de Rondônia. Lá afirma que ele já está providenciando os kits que ele mandou manipular, e está estudando para poder oferecer o kit gratuitamente a população.

As redes sociais são os meios em que posso utilizar para alertar as pessoas a se protegerem”

“Enquanto não ficam prontos os remédios manipulados em farmácia que encomendei, estou estudando sobre a legislação para distribuição gratuita do kit de medicamentos que estou tomando para me curar”.

Fonte: Portal do Governo de Rondônia

Nós fizemos uma consulta e verificamos que ele não é profissional da área da saúde.

Desta forma deslumbramos que ele poderá incorrer em algumas infrações administrativas e penais.

Ele pode responder pelo exercício ilegal da Farmácia e da Medicina conforme preceitua o artigo 282 do Código Penal Brasileiro.

E o mesmo pode estar descumprindo a lei LEI Nº 6.360, DE 23 DE SETEMBRO DE 1976 em seu artigo 58 que versa sobre o controle de propaganda de medicamentos no país.

Se estiver também propagando, distribuindo ou incentivando uso voluntariamente sem prescrição médica a população de hidroxicloroquina, o assunto fica mais sério ainda, já que esse medicamento está sob controle especial da portaria 344, o que poderá também ser enquadrado na violação a lei de entorpecentes, tráfico.

Deixamos claro aqui que não somos contra a medicação A ou B ser prescrita contra o covid19. Mas que tal procedimento seja feita pro profissional de saúde médico prescrevendo a mesma, e o farmacêutico dispensando e orientando o paciente.

Da forma que está, é notório o incentivo do uso indiscriminado de medicamentos que tanto lutamos para proteger a população dos riscos de intoxicações entre outros efeitos colaterais inerentes a medicação.

Sendo assim, iremos solicitar a todos os órgãos competentes ( CRF-RO, AGEVISA, VISA LOCAL, MP, PF ) que possam investigar a conduta deste servidor público, em relação aos fatos, e que se couber, possam tomar as devidas competências.

Para mais notícias clique aqui.

Não deixe esta oportunidade passar, faça parte agora mesmo!

Faça parte do maior grupo de capacitação para Farmacêuticos em cursos de pós graduação, palestras, workshops e simpósios online

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

About the Author

0 Comments

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *